EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Mais de 40 migrantes mortos em naufrágio no Mediterrâneo

Mais de 40 migrantes mortos em naufrágio no Mediterrâneo
Direitos de autor أ ف ب
Direitos de autor أ ف ب
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

É o segundo pior naufrágio no Mediterrâneo desde o início do ano

PUBLICIDADE

Mais de quatro dezenas de migrantes estão dados como desaparecidos e provavelmente mortos, segundo a Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), naquele que é o segundo pior naufrágio no Mediterrâneo desde o início do ano.

As vítimas seguiam numa embarcação pneumática proveniente da Líbia com 120 pessoas a bordo. O naufrágio ocorreu no sábado e 77 pessoas foram resgatadas por um navio mercante.

Carlotta Sami, porta-voz da ACNUR em Itália:"Partiram da Líbia na passada quinta-feira. Tiveram problemas e o barco começou a meter água. Alguns cairam ao mar e seis morreram assim. Duas pessoas atiraram-se depois à água quando viram um navio, na esperança de ser resgatadas, mas acabaram por morrer também. Há 41 desaparecidas e só foi recuperado um corpo. Desapareceram durante a difícil operação de resgate conduzida pelo navio comercial Vos Triton."

Os sobreviventes foram transportados para o porto siciliano de Empedocle.

O Mediterrâneo Central é considerado como uma das rotas migratórias mais mortíferas do mundo e já reclamou pelo menos 160 vidas desde o início do ano, segundo a ONU.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nove migrantes mortos no Mediterrâneo

Rota migratória dos Balcãs ganha nova força

Cidades italianas de Pozzuoli e Procida declaram guerra ao esferovite