EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Líderes da União Europeia debatem segurança e defesa

Líderes da União Europeia debatem segurança e defesa
Direitos de autor Johanna Geron/AP
Direitos de autor Johanna Geron/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No segundo dia do Conselho Europeu, os chefes de Estado e de Governo da UE vão trocar impressões com o secretário-geral da NATO

PUBLICIDADE

Depois de discutirem a coordenação dos estados membros na luta contra a pandemia, os líderes dos 27 vão debater esta sexta-feira a Política de Segurança e Defesa do bloco.

No segundo dia do Conselho Europeu, os chefes de Estado e de Governo vão trocar impressões com o secretário-geral da NATO.

Sobre o encontro, Charles Michel sublinhou a necessidade de reforçar a resiliência e adaptar os instrumentos e mecanismos europeus. O presidente do Conselho Europeu alertou para os “novos tipos de ameaças cibernéticas, híbridas e de desinformação” e pediu mais empenho e cooperação.

O secretário-geral da NATO disse que a principal tarefa da organização durante a pandemia tem sido a de garantir que uma crise sanitária não se transforma numa crise de segurança. Para Jens Stoltenberg, “as ameaças que enfrentámos antes da pandemia continuam: as ações agressivas da Rússia, as formas mais brutais de terrorismo, os ciberataques sofisticados, a ascensão da China e as implicações das alterações climáticas na segurança ".

A União Europeia e a Nato defendem o reforço da cooperação e aplaudem o compromisso da administração Biden de voltar a envolver-se com a Europa em questões de segurança global.

Este segundo dia de trabalhos vai servir também para abordar a “Bússola Estratégica” da União Europeia, um dossiê que define as prioridades do bloco em matéria de defesa e segurança e que deve ser adotado no próximo ano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Compromisso Social do Porto assinado é "marco histórico"

Stoltenberg diz que NATO prepara medidas de apoio à Turquia

Exército europeu não seria mais eficaz que NATO, diz analista