Última hora
This content is not available in your region

Shamima Begum impedida de voltar ao Reino Unido

euronews_icons_loading
Shamima Begum impedida de voltar ao Reino Unido
Direitos de autor  Metropolitan Police/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Shamima Begum trocou o Reino Unido pela Síria, para se juntar ao Daesh quando era adolescente e não tem permissão para voltar e lutar pela cidadania, decidiu o Supremo Tribunal de Justiça. Uma decisão unânime que sublinha que os seus direitos não foram violados quando viu o regresso recusado.

A resposta apropriada para o problema no presente caso é que o recurso seja suspenso, ou adiado, até que a Sra. Begum esteja em posição de desempenhar um papel efetivo, sem que a segurança pública seja comprometida. Não é uma solução perfeita , pois não se sabe quanto tempo pode demorar até que seja possível, mas não há solução perfeita para um dilema deste tipo.
ROBERT REED
PRESIDENTE Supremo Tribunal de Justiça do Reino Unido

Shamima Begum tinha 15 anos quando fugiu do leste de Londres com duas outras amigas da escola para se juntar ao grupo terrorista Estado Islâmico na Síria, há seis anos. Nasceu e cresceu no Reino Unido, mas ficou sem a cidadania britânica em 2019 pelo então secretário do Interior, Sajid Javid, logo após ter sido encontrada por um jornalista num campo de prisioneiros.