Última hora
This content is not available in your region

Protesto por "rapper" catalão degenera em violência

euronews_icons_loading
Protesto por "rapper" catalão degenera em violência
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Em Barcelona, uma manifestação para exigir a libertação do "rapper" Pablo Hasel terminou com um ataque contra uma esquadra e várias sucursais de bancos, um hotel e outros comércios.

Pelo menos três pessoas foram detidas, uma das quais durante o ataque contra a delegação da polícia, no qual foram usados artefactos incendiários.

Os distúrbios tiveram lugar no final de uma manifestação pacífica convocada por formações independentistas catalãs, que exigiam a libertação de Hasel, mas aproveitaram também a ocasião para fazer outras reivindicações de caráter social e separatista.

O "rapper" catalão foi condenado a 9 meses de prisão por enaltecimento do terrorismo e ofensas à monarquia. A defesa de Hasel argumentava com a liberdade de expressão.

Desde que foi encarcerado, têm-se multiplicado quase diariamente os protestos para exigir a sua libertação, regularmente marcados por confrontos com a polícia.