Última hora
This content is not available in your region

Infeções por Covid voltam a subir na Europa

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Infeções por Covid voltam a subir na Europa
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Alemanha

Os testes rápidos à Covid-19 já se vendem no supermercado. A cadeia Aldi começou a vender kits com cinco testes a 25 euros. Mesmo limitados a um por cliente, em vários estabelecimentos formaram-se várias filas e rapidamente o produto esgotou. Outras cadeias, como Lidl, Rewe e Edeka prometem também começar a vender testes.

França

Em Paris, o sol convidou muitos a sair. Um grande grupo de pessoas concentrou-se junto ao Sena para tomar uma bebida, sem observar as regras do distanciamento físico. Como resultado, a polícia teve de os dispersar. Para evitar a repetição deste tipo de cenas, o consumo de álcool passa a ser proibido em várias zonas da capital francesa.

A Europa teve um milhão de novos casos de Covid na última semana, um aumento de 9% em relação à anterior, acabando uma série de seis semanas consecutivas em que os números estiveram a descer.

Itália

O nível de alerta subiu em várias regiões. Uma boa parte do sul está agora a vermelho. Perto de Milão, foi declarado um surto numa escola e infantário, que em poucos dias infetou dezenas de crianças e empregados do estabelecimento.

Áustria

Viena foi palco de uma manifestação contra as restrições. A polícia deteve várias pessoas. Muitos manifestantes não usavam máscara nem respeitavam as regras do distanciamento.

Entre as medidas mais contestadas, estão o fecho dos restaurantes e bares ou ainda a obrigatoriedade de testes para os alunos das escolas poderem ter aulas presenciais.

Suécia

Também na Suécia a contestação às normas anti-Covid está nas ruas, Em Estocolmo, a polícia dispersou uma manifestação que juntou centenas de pessoas numa praça do centro da cidade, muitas delas também sem máscara e sem distanciamento. A norma atualmente em vigor no país proíbe ajuntamentos de mais de oito pessoas no espaço público.