Última hora
This content is not available in your region

Escócia devolve escultura à Nigéria

De  Euronews com AFP
euronews_icons_loading
Escócia devolve escultura à Nigéria
Direitos de autor  Capture
Tamanho do texto Aa Aa

Numa altura em que se discute na Europa a devolução de obras a antigas colónias, a Universidade de Aberdeen anunciou que vai devolver à Nigéria uma escultura em bronze saqueada por soldados britânicos no século XIX.

A escultura representa um Rei da cidade de Benin, foi adquirida pela universidade escocesa num leilão em 1957.

Neil Curtis, chefe de museus e coleções especiais da universidade, revela que a equipa tem analisado com mais atenção a proveniência da coleção e “pensado na moralidade da mesma”. “Por isso decidimos que a peça, tendo em conta a forma como foi adquirida, não deva estar na colecção do museu”, explica o responsável.

O ministro da Informação e Cultura da Nigéria, saudou a decisão da universidade de Aberdeen e disse que outros detentores de antiguidades nigerianas devem seguir o exemplo.

A Nigéria quer construir um museu na cidade de Benin para mostrar estas esculturas.

Milhares de esculturas de metal e marfim foram saqueadas pelas forças britânicas em 1897 durante a destruição da cidade de Benin, localizada na Nigéria actual e então capital do Reino do Benin. As obras de arte eram então vendidas a colecionadores ou museus.

Lai Mohamed, ministra da informação e cultura da Nigéria, saudou "um passo na direcção certa" e disse que outros detentores de antiguidades nigerianas deviam seguir o exemplo

Reapropriação do Património Cultural

Milhares de esculturas de metal e marfim foram saqueadas pelas forças britânicas em 1897 durante a destruição da cidade de Benin, localizada na Nigéria actual e então capital do Reino do Benin. As obras de arte eram então vendidas a coleccionadores ou museus.

Na Europa, a maioria das antigas potências coloniais avaliam a questão da reapropriação do seu património por parte dos antigos países colonizados.

Esta quarta-feira, uma das principais instituições culturais da Alemanha revelou que vai estudar a restituição de centenas de bronzes do Benin que se encontram nos seus museus e foram saqueados durante a era colonial.

A Nigéria quer construir um novo museu para exibir estas peças em bronzes.