Última hora
This content is not available in your region

Judocas turcos brilham em casa

Judocas turcos brilham em casa
Direitos de autor  from Euronews video
Tamanho do texto Aa Aa

No segundo dia do Grand Slam em Antalya, na Turquia, o presidente da Federação Internacional de judo Marius Vizer fez a abertura oficial.

O triunfo para os judocas da casa chegou na categoria de menos de 81 quilos, em masculinos: Vedat Albayrak venceu a primeira medalha de ouro para o país, ao derrotar o italiano Cristian Parlati, vencedor do Grand Slam de Tashkent. "O Grand Slam é muito importante, toda a nossa equipa está pronta e espero que vamos ter mais medalhas", disse o judoca turco.

Campeão olímpico na categoria de menos de 66 quilos, o italiano Fabio Basile passou as etapas preliminares sem grande dificuldade, sempre com os golpes a que habituou o público. Na final, encontrou um atleta da casa, Bayram Kandemir e venceu, conseguindo assim a primeira medalha de ouro num Grand Slam.Uğur Erdene, presidente do comité olímpico da Turquia, entregou as medalhas.

24 medalhas para Polling

Nos menos de 63 quilos, em femininos, a britânica Lucy Renshall enfrentou na final Anriquelis Barrios, da Venezuela, e venceu por waza-ari, conseguindo pela primeira vez uma medalha de ouro num evento do Circuito Mundial de Judo. Medalha que recebeu das mãos do vice-presidente da Federação Internacional de Judo, Sergey Soloveychik.

Também em femininos, na categoria de menos de 70 quilos, o ouro foi para a neerlandesa Kim Polling, que consegue assim chegar à impressionante marca de 24 medalhas no Circuito Mundial de Judo. No entanto, apesar do grande currículo, Polling tem estado afastada dos pódios, já que esta foi a primeira medalha em mais de um ano: "Estou contente, porque vim cá como uma preparação para os Europeus, mas também para praticar um judo mais tático, porque não posso estar sempre a atacar. Estou contente com o que fiz e penso que os treinadores também, porque fiz exatamente aquilo que precisava de fazer", disse a neerlandesa.

Os atletas turcos estiveram em força, demonstrando a grande paixão que o país organizador deste torneio tem pelo judo. Ippon após ippon, a equipa turca demonstrou estar em grande forma ao longo destes dois primeiros dias, mostrando por que razão a Turquia é, desde há sete anos, um ponto de passagem importante do circuito mundial de judo.

Uma grande exibição coroada com a medalha de ouro de Vedat Albayrak. Este sábado joga-se o terceiro e último dia deste Grand Slam.