Última hora
This content is not available in your region

Netanyahu vai tentar formar mais um governo em Israel

euronews_icons_loading
Netanyahu vai tentar formar mais um governo em Israel
Direitos de autor  Abir Sultan/ABIR SULTAN
Tamanho do texto Aa Aa

Após consultas com os líderes de todos os partidos representados na Knesset, o presidente de Israel, Reuven Rivlin, voltou a encarregar Benjamin Netanyahu de formar o próximo governo. As eleições deram mais votos ao Likud, mas é preciso encontrar novos parceiros já que a coligação cessante não alcança os 61 deputados necessários à maioria

No anúncio, o presidente afirmou: "Cheguei a uma decisão baseada no número de recomendações, o que indica que o senhor Benjamin Netanyahu tem uma hipótese ligeiramente maior de formar um governo. Consequentemente, decidi confiar-lhe a tarefa de o fazer".

Na verdade, o presidente não tinha alternativa. A tentativa de formação do governo surge numa semana crucial para Netanyahu. O seu julgamento por corrupção recomeçou esta segunda-feira.

O líder centrista, Yair Lapid, escreveu no Twitter: "O Presidente cumpriu o seu dever e não teve escolha, mas atribuir o mandato a Netanyahu é uma vergonhosa vergonha que mancha Israel e envergonha o nosso estatuto de Estado cumpridor da lei".

Benjamin Netanyahu tem, no máximo, até meados de maio para conseguir formar uma coligação. Se isso não acontecer, Israel pode ir às urnas pela quinta vez em dois anos.