Última hora
This content is not available in your region

Preparativos finais para o Funeral do Príncipe Filipe

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Preparativos finais para o Funeral do Príncipe Filipe
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Últimos preparativos para o funeral do Príncipe Filipe. A cerimónia fúnebre será reduzida a um número limitados de presenças - apenas 30 pessoas devido à Covid-19 - e os netos William e Harry não vão estar lado a lado.

Os britânicos estão atentos a todos os pormenores em torno do funeral devido às tensões na família real. Um dos convidados, o Primeiro-Ministro Boris Johnson cedeu o lugar aos membros da Família.

O caixão será transportado num Land Rover, a banda da Divisão de Guardas do Exército Britânico (Grenadier Guards) - vai liderar o cortejo fúnebre que vai honrar a proximidade do Príncipe Filipe ao exército.

No entanto, para não ofender Harry, que perdeu os títulos militares com a renúncia aos deveres reais, toda a família vai estar presente em trajes civis.

Embora esta seja a despedida do Duque, o foco estará certamente no drama em torno dos membros mais jovens da família real. O Príncipe Harry voltou ao Reino Unido para o funeral do avô. Vai participar no cortejo fúnebre mas não estará ao lado do irmão, o Príncipe Guilherme, como teria sido o caso no passado, nem se vão sentar um ao lado do outro. Poderia pensar-se que a ocasião seria uma oportunidade para curar as divisões depois do Duque de Sussex ter renunciado aos seus deveres reais, mas a disposição dos lugares não favorece a situação.
Tadhg Engright
Euronews