Bashar al Assad reeleito para um quarto mandato

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AP, AFP
Bashar al Assad reeleito para um quarto mandato
Direitos de autor  Hassan Ammar/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.

O Presidente sírio Bashar Assad foi reeleito para um quarto mandato de sete anos e foram muitos os que fizeram a festa nas ruas de Damasco, a capital do país. O presidente do parlamento, Hammouda al-Sabbagh, anunciava a vitória. Mais de 95 por cento dos eleitores, dizia, votaram no atual chefe de Estado.

Um escrutínio descrito como uma farsa pela oposição e questionado pelo Ocidente, num país devastado por 10 anos de guerra. EUA e Europa põem em causa a legitimidade das eleições que, dizem, violam as resoluções da ONU, implementadas para resolver o conflito no país. A votação tinha de ser seguida por observadores internacionais. Para além disso ela não representa todos os sírios.

Há, pelo menos, 8 milhões de pessoas, na sua maioria deslocados, que vivem nas áreas controladas por rebeldes, no noroeste e nordeste da Síria, e que não tiveram direito a votar. Já entre os mais de cinco milhões de refugiados, que estão em países vizinhos, também foram poucos os que o fizeram.