Última hora
This content is not available in your region

Pasta da Saúde muda de mãos

De  Nara Madeira com AFP, AP
euronews_icons_loading
Londres, Reino Unido
Londres, Reino Unido   -   Direitos de autor  Frank Augstein/Copyright 2019 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Pôr fim à pandemia de Covid-19 é a prioridade de Sajid Javid, o novo ministro da Saúde britânico. O trabalho é muito, como o próprio admitiu aos jornalistas, depois de no sábado Matt Hancock se ter demitido. Javid acrescentava que se voltará ao normal o mais rapidamente possível. A pergunta sobre se o país ainda está no caminho certo ficou por responder.

No Twitter Javid dizia-se honrado pelo convite, dizendo-se pronto a encetar a luta contra a pandemia e a servir o seu país.

Também nas redes sociais o ex-responsável pela Saúde dizia-se "muito orgulhoso" pelo trabalho que foi desenvolvido e ansioso para apoiar o governo e o primeiro-ministro, mas nos bastidores, para garantir que o país ultrapassa esta crise e volta ao objetivo de cumprir o seu potencial.

A decisão de abandonar o cargo aconteceu de serem publicadas fotografias de Hancock a beijar uma funcionária do seu gabinete, ou seja, não mantendo as regras do distanciamento social.

Um escândalo sobretudo porque ambos são casados, e não um com o outro. Boris Johnson tinha já posto uma pedra sobre o assunto mas ele acabou por só terminar com a demissão do responsável pela pasta da Saúde.