Última hora
This content is not available in your region

Alemanha termina presença no Afeganistão

De  euronews
euronews_icons_loading
Alemanha termina presença no Afeganistão
Direitos de autor  FARSHAD USYAN / AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Após quase duas décadas, terminou na terça-feira a missão das forças armadas da Alemanha no Afeganistão.

O último destacamento de soldados alemães que integravam a missão da NATO "Resolute Support" já partiu do campo de Mazar-i-Sharif a bordo de aparelhos da Força Aérea Alemã.

A retirada das forças internacionais começou oficialmente em maio.

A ministra alemã da Defesa, Kramp-Karrenbauer, afirmou que a conclusão deste processo constitui um marco histórico.

Foi em dezembro de 2001 que o parlamento alemão aprovou por larga maioria a participação na Força Internacional de Segurança e Assistência para Afeganistão. Desde então passaram pelo país cerca de 160 mil soldados, destes 59 perderam a vida em confrontos.

Depois dos EUA, a Alemanha foi o segundo país com maior presença na região.

A retirada do país ganhou novo ímpeto depois do presidente norte-americano ter anunciado que queria concluir o processo até ao dia 4 de julho, data do feriado nacional nos EUA.

Desde o início da retirada que o grupo extremista Taliban conseguiu recuperar o controlo de 90 distritos de um total de cerca de 400.