EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Ever Given deixou o Canal do Suez após 100 dias de negociações

Ever Given deixou o Canal do Suez após 100 dias de negociações
Direitos de autor AP / Mohamed Elshahed (Archivo)
Direitos de autor AP / Mohamed Elshahed (Archivo)
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Ever Given zarpou do Canal do Suez. Após três meses de negociações difíceis houve acordo entre o Egito, os proprietários do navio e as seguradoras

PUBLICIDADE

O porta contentores gigante que bloqueou o Canal de Suez em março - perturbando o comércio global - deixou finalmente aquela via navegável.

O Egito, os proprietários e as seguradoras chegaram ao acordo de compensação após 100 dias de bloqueio.

O Ever Given zarpou pouco depois das 11h30m - horas local - dirigindo-se para norte em direção ao Mediterrâneo escoltado por rebocadores.

Os termos do acordo não foram divulgados, mas o Egito tinha exigido 550 milhões de dólares - mais de 466 milhões de euros de compensações.

Em março, o Ever Given, de 400 metros de comprimento, atravessou-se no canal, empurrado por ventos fortes, tornando impossível a navegação. Foram precisos vários dias para o fazer voltar a flutuar, para desespero das centenas de barcos que esperavam para atravessar o canal.

O Canal do Suez liga o Mar Mediterrâneo e o Mar Vermelho, proporcionando a ligação marítima mais curta entre a Ásia e a Europa.

De acordo com os cálculos das seguradoras, o incidente provocou perdas de mais de 8,5 mil milhões de euros por dia ao comércio mundial.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Houthis atacam navio no Mar Vermelho com drone

Houthis reivindicam ataques a contratorpedeiro dos EUA e a dois navios petroleiros

Houthis reivindicam ataques a 3 navios nas últimas 24 horas