Última hora
This content is not available in your region

Do Algarve à consagração em Paris: Pogačar bicampeão do "Tour"

De  Francisco Marques
euronews_icons_loading
Do Algarve à consagração em Paris: Pogačar bicampeão do "Tour"
Direitos de autor  Daniel Cole/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Tadej Pogačar tornou-se este domingo o mais jovem bicampeão da Volta a França em bicicleta, repetindo em Paris o trunfo do ano passado.

Nos derradeiros metros, Mark Cavendish atacou para tentar chegar às 35 vitórias em etapas e ultrapassar as 34 de Eddie Merck para assumir sozinho o recorde do "Tour", mas o britânico falhou o triunfo numa corrida decidida num "sprint" de grupo ganho por Wout van Aert.

O belga foi secundado pelo compatriota Jasper Philipsen, com Cavendish a cortar a meta em terceiro.

Além do último lugar do pódio, Cavendish ganhou ainda o prémio da "camisola verde", a de melhor "sprinter" desta Volta a França.

O grande prémio vai contudo para Pogačar. Dois anos após ter celebrado a primeira vitória como profissional na Volta ao Algarve, em Portugal, o esloveno de 22 anos repetiu este ano o triunfo numa das provas mais difíceis das denominadas "grand tours" no calendário mundial das duas rodas a pedal, a par de Espanha e Itália.

Pogačar não entrou no grupo dos primeiros desta derradeira etapa de consagração, mas é o primeiro da geral na classificação, com mais de cinco minutos de vantagem sobre a concorrência.

Quanto aos portugueses nesta Volta a França, Rúben Guerreiro foi o melhor, terminou no 18.° lugar, e Rui Costa acabou na posição 77.