This content is not available in your region

Sicília envia fragmento do Partenon à Grécia

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Sicília envia fragmento do Partenon à Grécia
Direitos de autor  AP/AP

A Sicília anunciou um acordo inédito com Museu da Acrópole, em Atenas, para restituir um fragmento do Partenon à Grécia. Uma peça de mármore branco, em exibição no Museu Arqueológico Regional Antonino Salinas, de Palermo, que retrata uma figura drapeada de Artemis, a deusa grega da caça, que estava num friso de 160 metros esculpido à volta do templo .

A Diretora Museu Arqueológico Regional Antonino Salinas, Caterina Greco,  diz ser "um acontecimento importante num momento importante, porque liga dois antigos e prestigiados museus do Mediterrâneo: o museu Salinas, que é o museu mais antigo da Sicília, com o museu da Acrópole de Atenas, que não precisa de apresentação, porque é talvez um dos museus mais famosos do mundo - e merecidamente". 

É um acordo de empréstimo renovável por quatro anos, mas o objetivo final é fazer uma troca permanente que pode encorajar outros museus a enviarem as suas próprias peças também. Em troca, a Grécia retribui com uma estátua de mármore de Atena do século V AC e uma ânfora de terracota datada de meados do século VIII AC.

É sobretudo um intercâmbio cultural com base no qual podem ser organizadas exposições internacionais que verão a Sicília e o Museu de Salinas como protagonistas juntamente com o Museu da Acrópole.
Alberto Samonà
Conselheiro regional para o património cultural da Sicília

A peça fazia parte da coleção do diplomata inglês Robert Fagan (1761-1816), que trabalhou em Roma e na Sicília. A intenção da Sicília é devolver o fragmento arqueológico de forma definitiva dando esperança aos pedidos da Grécia para recuperar os mármores do Partenon - retirados durante o domínio otomano.