This content is not available in your region

Elite dos desportos de Inverno começa a chegar a Pequim

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
Voluntários da aldeia Olímpica acolhem os primeiros atletas
Voluntários da aldeia Olímpica acolhem os primeiros atletas   -   Direitos de autor  Andy Wong/The Associated Press

Os primeiros atletas a chegar a Pequim para participar nos Jogos Olímpicos que se avizinham foram acolhidos pelo frio e pela neve, um bom desígnio para o ponto alto no calendário dos desportos de Inverno. Apesar de as três aldeias olímpicas preparadas para a competição terem a abertura oficial marcada para a próxima quinta-feira, já acolhem delegações de mais de 20 países.

O objetivo da chegada antecipada passa por testar até à exaustão o exigente protocolo anti-covid-19 criado para os Jogos, em que todos os participantes estão impedidos de ter qualquer contacto com o exterior.

A menos de duas semanas do início dos Jogos, a 4 de fevereiro, o maior receio para os perto de três mil atletas qualificados é testar positivo e ver o sonho Olímpico cair por terra.

O mundo lusófono estará representado em Pequim por 15 atletas. Lidera o Brasil com onze, seguindo-se três atletas com as cores portuguesas e um com a bandeira de Timor-Leste.