Macron a Putin: "A resposta é evitar a guerra"

Encontro Putin-Macron em Moscovo
Encontro Putin-Macron em Moscovo Direitos de autor AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente francês encontra-se com homólogo russo para falar sobre a Ucrânia

PUBLICIDADE

De Moscovo a Washington, a semana arrancou com a diplomacia em alerta vermelho. Emmanuel Macron foi à capital russa falar com Vladimir Putin com o objetivo declarado de desarmar a bomba que seria uma invasão à Ucrânia.

"Entendo que há uma preocupação comum sobre a segurança na Europa. Gostaria de agradecer à França, por participar ativamente na tomada de decisões fundamentais a este respeito. É o que tem acontecido desde o início das nossas relações", declarou o presidente russo no início do encontro.

"Tenho o prazer de ter a oportunidade de um debate profundo sobre todas estas questões e de começar a construir uma resposta concreta, quer para a Rússia, quer para o resto da Europa. A resposta mais útil é a de evitar uma guerra e consolidar a confiança, estabilidade e a visibilidade entre todos", respondeu Macron.

Do outro lado do globo, o chanceler alemão, Olaf Scholz, faz o mesmo com Joe Biden. As rondas diplomáticas com caráter de urgência prosseguem esta terça-feira na Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia aborta lançamento do foguetão Angara-A5 a minutos da descolagem

Rússia e Cazaquistão vivem "piores cheias em décadas"

Centenas de russos protestam contra “inércia” das autoridades após inundações