This content is not available in your region

Rússia inicia exercícios militares no Pacifico

Access to the comments Comentários
De  euronews  com LUSA
euronews_icons_loading
Rússia inicia exercícios militares no Pacifico
Direitos de autor  Russian Defense Ministry Press Service via AP

A Rússia iniciou exercícios militares em grande escala na área das ilhas Curilas, no Oceano Pacífico.

20 navios de guerra da marinha russa atravessaram os campos de gelo ao longo do Estreito de La Perouse, viajando do Mar do Japão para o Mar de Okhotsk.

A Rússia tem vindo a realizar exercícios militares em vários pontos do país, em diferentes oceanos e na Bielorrússia.

As manobras ocorrem numa altura de fortes tensões relativamente à presença militar russa na fronteira com a Ucrânia.

O Governo japonês apresentou um protesto à Rússia sobre os exercícios militares planeados para algumas das Ilhas do arquipélago das Curilas, sobre o qual Tóquio reivindica a soberania.

O Japão realizou precisamente nesta segunda-feira um ato oficial de reivindicação da devolução das ilhas, no qual o primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, lamentou que o diferendo "continue por resolver", desde o fim da Segunda Guerra Mundial, e que isso impeça a assinatura de um tratado de paz entre os dois países.

Kishida prometeu "avançar com tenacidade nas negociações", em linha com os acordos alcançados até agora, segundo meios de comunicação locais.

Quatro ilhas do arquipélago das Curilas, composto por 56 ilhas e ilhotas, foram ocupadas pela Rússia durante a Segunda Guerra Mundial e a disputa pela sua soberania é o principal obstáculo para as relações bilaterais.

Em 1956, a União Soviética e o Japão assinaram uma declaração pela qual retomaram as relações diplomáticas e estabeleceram as regras que as partes deveriam cumprir para a assinatura do tratado de paz, que incluía uma disposição sobre a devolução de duas das ilhas, o que ainda não aconteceu.