This content is not available in your region

Grand Slam de Judo de Tel Aviv: apoio incansável do público aos judocas em prova

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Grand Slam de Judo de Tel Aviv: apoio incansável do público aos judocas em prova
Direitos de autor  JACK GUEZ/AFP or licensors

Está em pleno curso o Grand Slam de Judo de Tel Aviv, que decorre até este Sábado em Israel.

Na jornada inaugural de quinta-feira, o presidente da Federação Internacional de Judo (FIJ), Marius Vizer, atribuíu o prémio “Judo pela Paz” ao presidente da Associação de Judo de Israel, Moshe Ponte, pela sua promoção dos valores de inclusão e não-discriminação nos Olímpicos de Tóquio, com a participação da judoca Raz Hershko.

A mulher do dia

A japonesa Shiho Tanaka sagrou-se a nossa mulher do dia ao vencer na final de -70kg a medalhista mundial neerlandesa **Sanne Van Djik****e**. A japonesa marcou waza-ari com um contra-ataque inteligente e ganhou a sua primeira medalha de ouro de sempre num Grand Slam.

O diretor de arbitragem da Federação Internacional d e Judo, Florin Daniel Lascau, apresentou as medalhas.

Foi fantástico ter tantos adeptos na assistência. O público tornou a minha experiência, e a prova, muito mais emocionante.
Shiho Tanaka

O homem do dia

O nosso homem do dia foi o atual campeão Mundial Matthias Casse. A final de -81kg do belga com Vedat Albayrak foi uma luta épica que ficou decidida no tapete, onde o belga deixou claro o seu domínio sobre o turco.

Os judocas receberam as medalhas das mãos do Diretor de Arbitragem da FIJ , Armen Bagdasarov.

É fantástico dividir o pódio com um compatriota, o Sami Chouchi, que ganhou uma medalha de bronze e é um bom amigo de longa data.
Matthias Casse

As restantes categorias em prova

A nipónica Megumi Horikawa teve um dia inesquecível. Na final dos -63kg conquistou uma vitória tática sobre a britânica Gemma Howell e conquistou o seu primeiro título num Grand Slam em 10 anos.

O Diretor de Desporto da FIJ Mike Tamura apresentou as medalhas.

Hidayat Heydarov, do Azerbaijão, defrontou na final o judoca uzbeque Obidkhon Nomonov, e alcançou a pontuação decisiva com um golpe explosivo de quadril, reivindicando a medalha de ouro em -73kg. O azeri levou o público na assistência ao rubro.

Heydarov foi premiado pela Diretora de Eventos da FIJ, Lisa Allan.

Também em destaque esteve a vitória do jovem Tohar Butbul na luta pelo bronze frente ao italiano Giovanni Esposito. O israelita teve um desempenho fenomenal em Tel Aviv e o apoio do público da casa foi incansável.

Depois de uma jornada inaugural vitoriosa para Israel, a Shlomo arena esteve repleta de fãs na assistência a animar os judocas, que estiveram à medida do desafio, exibindo uma variedade de técnicas e um belíssimo espetáculo de judo.

No sábado, último dia da prova, será a vez da competição dos pesos pesados, um dia a não perder.

A Comitiva portuguesa

Na jornada inaugural de quinta-feira, a portuguesa Telma Monteiro, sexta do mundo, foi eliminada nos -57kg ao primeiro combate, ao perder por waza-ari com a polaca Arleta Podolak, a 2.32 minutos do final do combate.

No sábado, Portugal contará com a participação de Patrícia Sampaio, em -78 kg, que irá defrontar no primeiro combate a vice-campeã olímpica em título e número dois do mundo, Madeleine Malonga.