This content is not available in your region

Gazprom corta fornecimento de gás à Letónia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
AP
AP   -   Direitos de autor  أ ب

A empresa estatal russa de energia Gazprom interrompeu, este sábado, o fornecimento de gás à Letónia e acusa o país Báltico de "violar as condições do acordo" de energia, sem revelar mais detalhes.

A Letónia é o sétimo país europeu a ser sancionado pela Rússia no negócio da energia.

Polónia, Bulgária, Finlândia, Dinamarca, Alemanha e Países Baixos já não contam com gás russo porque recusaram fazer o pagamento em rublos, exigência de Putin, depois de aplicadas as sanções do ocidente.

No início deste mês, o parlamento da Letónia votou a favor de uma proposta que proíbe comprar gás à Rússia a partir de janeiro do próximo ano. A Rússia adiantou-se e 'fechou' literalmente a torneira.

Também esta semana, a empresa de energia da Letónia Latvijas Gaze anunciou que estava a pagar em euros à vizinha Rússia. A Federação de Putin não confirmou se o corte aconteceu por falta de pagamento na moeda russa.