This content is not available in your region

Liz Cheney foi derrotada no Wyoming por Harriet Hageman

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Liz Cheney, derrotada na primária republicana do estado do Wyoming
Liz Cheney, derrotada na primária republicana do estado do Wyoming   -   Direitos de autor  Jae C. Hong/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

A congressista Liz Cheney, uma das vozes mais críticas de Donald Trump no Partido Republicano, foi derrotada nas primárias do Wyommig pela candidata apoiada por Trump, Harriet Hageman.

A organização pro-democracia, The Lincoln Project, reagiu, afirmando que "é o fim do Partido Republicano. O que resta partilha o nome e a marca do Partido Republicano tradicional, mas na realidade é um culto nacionalista autoritário dedicado apenas a Donald Trump".

Cheney, a única republicana no comité que investiga o assalto ao Capitólio pelos apoiantes de Donald Trump, disse no discurso da derrota: "Devemos ser muito claros sobre a ameaça que enfrentamos e sobre o que é necessário para a derrotar. Tenho dito desde 6 de janeiro que farei o que for preciso para que Donald Trump nunca mais se aproxime da Sala Oval - e falo a sério".

A advogada Harriet Hageman agradeceu a maioria considerável sobre Cheney e os apoios à sua candidatura dos congressistas seguidores de Trump.

"O Wyoming falou em nome de todos os que, em todo este grande país, acreditam no sonho americano; que acreditam na liberdade e reconhecem que os nossos direitos nacionais, a liberdade de expressão, a liberdade de religião e a igualdade de proteção e de justiça vêm de Deus". Não vêm do governo e o governo não os pode tirar", disse.

A grande margem da vitória de Hageman - 30 pontos - revela a rápida mudança que está a atingir o Partido Republicano.