Continuam os confrontos em Mogadíscio

Ataque em Mogadíscio
Ataque em Mogadíscio Direitos de autor AP Photo/Farah Abdi Warsameh
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ataque desta sexta-feira ao hotel Hayat fez pelo menos 20 mortos

PUBLICIDADE

Na capital da Somália, um dia depois do ataque ao Hotel Hayat, continuaram os confrontos entre as forças de segurança e um número desconhecido de homens que estão cercados no edifício.

No ataque desta sexta-feira, reivindicado pelo grupo extremista Al-Shabab, ligado à Al-Qaeda, morreram pelo menos 20 pessoas e mais de 40 ficaram feridas.

O Al-Shabab continua a ser o grupo extremista islâmico mais letal de África. Tenta derrubar o governo somali há mais de dez anos, e este ataque é o primeiro de grandes proporções desde que o presidente Hassan Sheikh Mohamud reassumiu o poder, em maio. Aconteceu três dias depois de os Estados Unidos anunciarem a morte de 13 elementos do grupo, a cerca de 300 quilómetros Mogadíscio e perto da fronteira com a Etiópia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Hassan Cheikh Mahmoud volta à presidência da Somália

Polícia do Equador detém quase 70 membros de gangue que tentavam controlar hospital

Irão dispara mísseis contra consulado dos EUA em região curda do Iraque