Italianos votam novo governo

Assembleia de voto em Itália
Assembleia de voto em Itália   -  Direitos de autor  Alessandra Tarantino/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews

As eleições legislativas antecipadas têm lugar depois da demissão do antigo Primeiro-Ministro Mario Draghi em julho

Em Itália as assembleias de voto já abriram para as eleições legislativas antecipadas que poderão dar um novo protagonismo à extrema-direita.

Antes da proibição da publicação de sondagens de opinião há duas semanas, o partido Irmãos de Itália, da líder de extrema-direita, Giorgia Meloni, liderava em popularidade. 

Meloni pertence à coligação de direita que inclui a Liga de Mateo Salvini e o partido do antigo PM Silvio Berlusconi, Forza Italia.

Igualmente popular é o partido de centro-esquerda, Partido Democrático, liderado pelo antigo primeiro-ministro Enrico Letta.

O escrutíneo é o primeiro desde a reforma da lei eleitoral que reduz o número de representantes no Parlamento de 630 para 400 deputados e no Senado de 315 para 200 senadores.

Pela primeira vez, os jovens com mais de 18 anos vão igualmente poder decidir quem se senta no Senado.

Notícias relacionadas