Italianos votam novo governo

Assembleia de voto em Itália
Assembleia de voto em Itália Direitos de autor Alessandra Tarantino/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As eleições legislativas antecipadas têm lugar depois da demissão do antigo Primeiro-Ministro Mario Draghi em julho

PUBLICIDADE

Em Itália as assembleias de voto já abriram para as eleições legislativas antecipadas que poderão dar um novo protagonismo à extrema-direita.

Antes da proibição da publicação de sondagens de opinião há duas semanas, o partido Irmãos de Itália, da líder de extrema-direita, Giorgia Meloni, liderava em popularidade. 

Meloni pertence à coligação de direita que inclui a Liga de Mateo Salvini e o partido do antigo PM Silvio Berlusconi, Forza Italia.

Igualmente popular é o partido de centro-esquerda, Partido Democrático, liderado pelo antigo primeiro-ministro Enrico Letta.

O escrutíneo é o primeiro desde a reforma da lei eleitoral que reduz o número de representantes no Parlamento de 630 para 400 deputados e no Senado de 315 para 200 senadores.

Pela primeira vez, os jovens com mais de 18 anos vão igualmente poder decidir quem se senta no Senado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Extrema-direita chega ao poder em Itália

O percurso político de Giorgia Meloni

Italianos elegem parlamento que vai ter menos 245 representantes