A Rússia deteve diretor-geral da central nuclear de Zaporíjia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Igor Murashov, diretor-geral da Central Nuclear de Zaporíjia detido pela Rússia
Igor Murashov, diretor-geral da Central Nuclear de Zaporíjia detido pela Rússia   -   Direitos de autor  Euronews

A Rússia prendeu Igor Murashov, o director-geral da central nuclear de Zaporíja, que está sob controlo russo, no sul da Ucrânia

A notícia da detenção foi divulgada por Petro Kotin, responsável pela agência nuclear ucraniana, Energoatom,

Segundo Kotin, Murashov foi detido por uma "patrulha russa" quando se dirigia para a cidade de Enerhodar controlada pela Rússia, depois de sair da central nuclear.

A central nuclear de Zaporíjia, a maior da Europa, situa-se em território anexado pela Rússia, está ocupada por tropas russas desde 4 de março e tem sido alvo de vários ataques bombistas nos últimos meses, pelos quais Kiev e Moscovo se acusam mutuamente, suscitando receios internacionais de um acidente nuclear.

Uma delegação da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) visitou a central em setembro, tendo aconselhado o estabelecimento de uma zona de segurança em redor do local.