Checos oferecem tanque à Ucrânia para correr com os russos

Tanque recebeu o nome do primeiro presidente da Checoslováquia, Tomáš Garrigue Masaryk
Tanque recebeu o nome do primeiro presidente da Checoslováquia, Tomáš Garrigue Masaryk Direitos de autor CZCT
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Veículo de fabrico soviético foi comprado graças a dinheiro arrecadado em campanha de recolha de fundos

PUBLICIDADE

A Chéquia vai oferecer um tanque de fabrico soviético T-72 à Ucrânia para combater o Exército russo.

Foi comprado graças a uma campanha de angariação de fundos (crowdfunding) na Chéquia, que arrancou em setembro, rendeu 33 milhões de coroas checas e contou com o contributo de 11 mil pessoas.

O tanque recebeu o nome do primeiro presidente da Checoslováquia, Tomáš Garrigue Masaryk, que lutou pela independência.

Os responsáveis pela iniciativa consultaram o Exército ucraniano para a compra do tanque. O ministério checo da Defesa está encarregue do transporte e de fazer a entrega.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milhares sem eletricidade em Kiev

Grupo Visegrado: A Ucrânia tem de ganhar a guerra contra a Rússia

Para a Rússia, com Amor: checos enviam um “presente para Putin”