EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Cimeira do Sudeste Asiático termina sem declaração conjunta

Cimeira da ASEAN no Camboja
Cimeira da ASEAN no Camboja Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Cimeira da Associação das Nações do Sudeste Asiático terminou sem um comunicado conjunto devido a divergências sobre a guerra na Ucrânia.

PUBLICIDADE

Terminou, este domingo, no Camboja, a Cimeira da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN). O encontro terminou sem uma declaração conjunta devido a divergências sobre a guerra na Ucrânia.

Na cimeira, líderes da Ásia e de outras partes do mundo discutiram temas importantes a nível global como é o caso da guerra na Europa, a crise energética, a crise nuclear que envolve a Coreia do Norte ou as tensões no mar do sul da China.

O Presidente norte-americano, Joe Biden, marcou presença na cimeira e reiterou o desejo da construção de um "Indo-Pacífico livre e aberto".

Vamos construir um Indo-Pacífico livre e aberto, estável e próspero, resistente e seguro
Joe Biden
Presidente dos Estados Unidos da América

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, também esteve presente e acusou os Estados Unidos da América e os parceiros de terem uma “posição inaceitável” quanto à Ucrânia e acrescentou que os “EUA e a NATO estão a tentar dominar a região da Ásia-Pacífico através da sua militarização”.

Na Cimeira do Sudeste Asiático, participaram os líderes dos países que compõe a ASEAN, nomeadamente, a Indonésia, a Malásia, as Filipinas, o Brunei, o Vietname, o Camboja, a Myanmar (antiga Birmânia), Laos, Singapura e a Tailândia, que mantiveram reuniões com parceiros externos, como é o caso da China, Estados Unidos, Rússia ou Japão. A União Europeia também foi convidada para participar no evento.

Depois do Camboja, a presidência da próxima Cimeira da Associação das Nações do Sudeste Asiático será assumida pela Indonésia, em 2023.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden espera encontrar-se com Xi Jinping à margem da Cimeira do G20

Presidente dos Estados Unidos Marca presença no Camboja para reunião de líderes asiáticos

Crise no sul da China desencadeia receios internacionais