Democratas garantem maioria no Senado

Catherine Cortez Masto, senadora eleita no estado do Nevada.
Catherine Cortez Masto, senadora eleita no estado do Nevada. Direitos de autor Gregory Bull/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Com o voto de desempate de Kamala Harris, os Democratas conseguirão obter 51 lugares, o número de assentos necessário para garantir a maioria.

PUBLICIDADE

Joe Biden mostrou-se aliviado, após saber que os Democratas conseguiram a maioria no Senado, Câmara Alta do congresso norte-americano.

A eleição de Catherine Cortez Masto, no estado do Nevada, foi fundamental para a obtenção dos 50 assentos por parte dos Democratas, contra 49 dos Republicanos.

Ainda que o estado da Geórgia tenha de ir a uma segunda volta em dezembro e os Republicanos consigam hipoteticamente eleger um senador da sua cor política, ambos os lados ficaram com 50 lugares

A responsabilidade do voto de desempate é de Kamala Harris, vice-presidente do país e presidente do Senado. E como tal, os Democratas conseguirão sempre 51 lugares.

Donald Trump já reagiu, nas redes sociais, e garantiu não ter ficado zangado com os resultados das intercalares, referindo que fez um excelente trabalho e que está ocupado a olhar para o futuro... Futuro este que poderá passar por um anúncio à Casa Branca já na terça-feira,15 de Novembro.

O resultado final da Câmara dos Representantes ainda continua em aberto, mas, para já, os Republicanos estão em vantagem.

Acompanhe aqui os resultados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O papel vital da cidade de Jackson na história dos direitos civis dos EUA

Intercalares nos EUA mostram país dividido

"Onda vermelha" republicana não varreu EUA