EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Natal não trouxe tréguas à Ucrânia

Kherson voltou a ser bombardeada no dia que marcou 10 meses da invasão russa
Kherson voltou a ser bombardeada no dia que marcou 10 meses da invasão russa Direitos de autor AP/Kherson Region Administration via AP
Direitos de autor AP/Kherson Region Administration via AP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bombardeamentos em Kherson fazem pelo menos 10 mortos

PUBLICIDADE

No meio da guerra, foi erguida uma árvore de Natal de 20 metros de altura em pleno centro da cidade de Mariupol. Foi trazida de São Petersburgo pelas forças russas que agora controlam esta cidade.

Mas não há tréguas na Ucrânia neste período natalício. A cidade de Kherson voltou a ser bombardeada no dia que marcou 10 meses da invasão russa. Registam-se, pelo menos, 10 mortos e mais de cinquenta feridos.

O presidente Volodymyr Zelenskyy divulgou uma mensagem de Natal na qual falou do "terror" que Moscovo continua a espalhar, apelou à unidade do povo e declarou que "o mundo deve ter noção do mal absoluto" que os ucranianos enfrentam.

O governador da região de Donetsk veio dar contra de um outro ataque, na cidade de Kurahkove, que fez dois mortos e cinco feridos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kiev quer cimeira de paz até final de fevereiro

Zelenskyy diz que Ucrânia deve estar "preparada para qualquer cenário"

Ataque aéreo a Kharkiv faz pelo menos sete mortos. Zelenskyy condena brutalidade russa