EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Ucranianos vivem há um ano num cenário de guerra

A dor de uma ucraniana que perdeu o flho na guerra
A dor de uma ucraniana que perdeu o flho na guerra Direitos de autor Emilio Morenatti/AP
Direitos de autor Emilio Morenatti/AP
De  euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Há um ano que a guerra roubou a vida aos ucranianos. Aos que morreram, mas também aos sobreviventes. Muitos procuraram refúgio noutros países. Os que ficaram lutam diariamente pela sobrevivência.

PUBLICIDADE

Há um ano que a guerra roubou a vida aos ucranianos. Aos que morreram, mas também aos sobreviventes. Muitos procuraram refúgio noutros países. Os que ficaram lutam diariamente pela sobrevivência.

"Foi o ano mais difícil da minha vida e da vida de todos os ucranianos. Tenho a certeza que a vitória chegará mas não sabemos quanto tempo teremos que esperar e quantas mais vítimas haverá antes que isso aconteça. Esta é a única coisa que preocupa todos os ucranianos agora", salienta Diana Shestakova, funcionária de uma editora. 

"Por um lado, precisamos de mais armas. para que a guerra termine o mais depressa possível, mas quanto mais armas houver, mais hostilidades haverá. É um círculo vicioso. É uma faca de dois gumes. Por um lado, é bom, mas por outro lado há problemas e consequências", diz o corretor Boris. 

"Vivemos tempos muito difíceis. Não há comparação com uma vida pacífica, mas há vida. Assim como chega a primavera, a vitória virá da mesma forma. Porque o bem triunfa sempre", acredita Alla Valentinovna, reformada. 

Um ano depois do início, a guerra na Ucrânia não tem fim à vista.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Zelenskyy quer falar com Xi Jinping sobre paz na Ucrânia

Caminhos de Ferro da Ucrânia são exemplo de resiliência

Ucrânia denuncia novo ataque russo contra infraestruturas energéticas