Denúncias de detenções "injustas" durante protestos em França

Protesto em frente a esquadra de Paris
Protesto em frente a esquadra de Paris Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Familiares e próximos de alguns dos detidos afirmam que ação da polícia foi "arbitrária" e "injustificada"

PUBLICIDADE

Houve mais de 400 detenções em França, na sequência de uma intensa jornada de mobilização contra a reforma das pensões.

Esta sexta-feira, familiares e próximos de detidos protestavam em frente a uma esquadra de polícia de Paris.

O pai de um jovem de 18 anos detido dizia: "O meu filho não estava na Praça da Ópera, nem sequer entre os agitadores. Estava na manifestação com os colegas estudantes. E houve uma carga super violenta."

Os que ali se juntaram denunciavam o caráter "arbitrário" e "injustificado" das detenções.

Anelise Borges, euronews:"Mais de 400 pessoas foram detidas em toda a França, esta quinta-feira, na sequência de manifestações que se tornaram violentas. Muitas permanecem detidas.

_Amigos e familiares de pessoas que se encontram detidas [dizem] que o que está a acontecer é muito preocupante, que o Governo está a usar a polícia contra o seu próprio povo. _

_As tensões estão ao rubro, com funcionários do Governo a multiplicar declarações e a transmitir o desapontamento face a esta situação. Claramente, o Governo estava à espera que os protestos morressem na sequência da adopção da controversa reforma do sistema de pensões. Mas não é isso que tem estado a acontecer. _

Ontem houve mais de 3 milhões de pessoas nas ruas de França, segundo os sindicatos, que afirmam que vão continuar a luta até que o Governo abandone a reforma e apelaram para outro grande dia de acção na terça-feira."

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Terceiro dia de greve na Torre Eiffel

Medalhas dos Jogos Olímpicos de Paris têm pedaços da Torre Eiffel

Autoridades francesas investigam salário do presidente do comité dos Jogos Olímpicos de Paris