Tiroteio em Nashville foi planeado ao detalhe

O ataque durou cerca de 15 minutos
O ataque durou cerca de 15 minutos Direitos de autor Mark Zaleski/The Tennessean
Direitos de autor Mark Zaleski/The Tennessean
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Biden pede medidas ao Congresso dos Estados Unidos

PUBLICIDADE

O ataque à escola primária em Nashville, nos Estados Unidos, foi detalhadamente planeado, dizem as autoridades norte-americanas. O tiroteio na Covenant School, um estabelecimento da Igreja Presbiteriana, fez seis mortos - três crianças e três adultos. 

A atiradora, Audrey Hale, de 28 anos, uma antiga aluna da escola, foi abatida pela polícia. Identificava-se como transgénero.

O presidente Joe Biden declarou que "este é o pior pesadelo para uma família. Quero louvar o trabalho da polícia, que reagiu no espaço de minutos. A atiradora tinha duas armas semiautomáticas e uma pistola. Vou voltar a pedir ao Congresso que aprove a interdição destas armas de fogo. Está na altura de fazermos alguns progressos".

O ataque durou cerca de 15 minutos. Os motivos são ainda desconhecidos, mas os primeiros indícios apontam para um sentimento de revolta por parte de Audrey por ter sido obrigada a frequentar esta escola. As armas foram compradas de forma legal em Nashville.

O responsável da polícia local, John Drake, revelou que "foi encontrado um manifesto. Foram encontrados textos que serão agora analisados. Temos um mapa com os detalhes de como tudo iria acontecer".

Biden ordenou que as bandeiras oficiais norte-americanas sejam colocadas a meia-haste até ao próximo dia 31.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tiroteios em Marselha fazem pelo menos três mortos, incluindo um adolescente

EUA: estudantes universitários são presos por protestos pró-palestinos

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"