Ucrânia acusa Rússia de usar táticas de terra queimada em Bakhmut

Jornalista Sasha Vakulina
Jornalista Sasha Vakulina Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A jornalista Sasha Vakulina faz a habitual análise aos últimos desenvolvimentos da Guerra na Ucrânia.

PUBLICIDADE

A jornalista Sasha Vakulina faz a habitual análise aos últimos desenvolvimentos da Guerra na Ucrânia. 

A Rússia continua a obter ganhos em Bakhmut, mas está a sofrer baixas “significativas”, diz o Instituto para o Estudo da Guerra, um think tank dos EUA, na sua atualização diária.

Imagens geolocalizadas publicadas em 9 e 10 de abril mostram que as forças russas fizeram avanços marginais a oeste de Bakhmut e a sudoeste da cidade.

O comandante das forças terrestres ucranianas, coronel general Oleksandr Syrskyi, acusou as tropas russas de usar táticas de “terra arrasada” em Bakhmut.

Ele também afirmou que as forças ucranianas esgotaram tanto as forças de Wagner que o comando militar russo teve que enviar forças especiais e elementos das forças aerotransportadas russas para Bakhmut.

Veja o vídeo para ter acesso à análise completa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Batalhas sangrentas em Bakhmut

Parlamentos da UE e Ucrânia reunem-se para discutir adesão ao bloco

Moscovo e Kiev acordam trocar 48 crianças deslocadas pela guerra