Força aérea ucraniana à espera do sistema de defesa Patriot

Um homem olha para a sua casa destruída por um ataque com um míssil russo
Um homem olha para a sua casa destruída por um ataque com um míssil russo Direitos de autor Roman Chop/AP
Direitos de autor Roman Chop/AP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Força Aérea da Ucrânia disse que espera ter em breve armas para tentar impedir ataques como o de sexta-feira a Sloviansk, numa referência ao sistema norte-americano de defesa antiaérea Patriot.

PUBLICIDADE

Operações de resgate ainda decorriam em Sloviansk, depois do ataque russo de sexta-feira, que atingiu uma zona residencial. O número de mortos subiu para 11.

A Força Aérea da Ucrânia disse que espera ter em breve armas para tentar impedir ataques como este, numa referência ao sistema norte-americano de defesa antiaérea Patriot.

Kiev decretou mais sanções contra 700 cidadãos russos e bielorrussos. “Pressão das sanções sobre todos os culpados dessa agressão, bloqueando os seus bens e oportunidades a nível mundial é a autodefesa do mundo contra quaisquer outras possibilidades de agressão”, sublinhou o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy. 

Segundo a Rússia, unidades do grupo Wagner ocuparam dois bairros nos subúrbios a norte e a sul de Bakhmut.

Moscovo acusa as tropas ucranianas de destruir deliberadamente as infraestruturas da cidade e edifícios residenciais durante a retirada, para retardarem o avanço das forças da Rússia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucrânia prepara-se para resistir à esperada ofensiva russa

Ataques russos na Ucrânia fazem pelo menos oito mortos

Ucrânia diz ter abatido bombardeiro russo de longo alcance