EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Tribunal paquistanês denuncia como ilegal detenção de Imran Khan

Imran Khan à chegada ao Supremo Tribunal em Islamabad a 11 de maio de 2023
Imran Khan à chegada ao Supremo Tribunal em Islamabad a 11 de maio de 2023 Direitos de autor AP/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor AP/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Supremo Tribunal do Paquistão denunciou como ilegal a detenção do líder da oposição Imran Khan detido na terça-feira passada pela polícia anti-suborno

PUBLICIDADE

O Supremo Tribunal do Paquistão considerou ilegal a detenção do líder da oposição Imran Khan, no que constitui uma nova etapa num drama político que desencadeou uma onda de violência em todo o país.

O juiz disse que a detenção de Khan na terça-feira, enquanto participava numa audiência separada, era "desrespeito ao tribunal".

A decisão do tribunal originou manifestações de júbilo entre os apoiantes do líder da oposição.

Asim Tanveer/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Apoiantes do líder da oposição paquistanesa Imran KhanAsim Tanveer/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.

Khan continua a ser a figura política mais popular do Paquistão. Após a detenção, os seus apoiantes manifestaram-se em várias cidades, atacando edifícios governamentais e esquadras da polícia.

Pelo menos 10 pessoas foram mortas nos distúrbios e muitas mais ficaram feridas, quer em ataques dos apoiantes de Khan, quer devido às ações das forças de segurança.

Khan, que foi destituído do cargo há um ano por uma moção de censura no Parlamento, enfrenta múltiplas acusações de corrupção nos tribunais paquistaneses. 

Na terça-feira, Khan estava no tribunal para responder a um conjunto de acusações, quando agentes anti-suborno entraram sem aviso, arrastaram-no e empurraram-no para um veículo blindado num caso relacionado com outro conjunto de acusações. 

Com o país dominado pela tensão política, o Supremo Tribunal instou Khan a apelar aos apoiantes no sentido de rejeitarem a violência.

Esta sexta-feira, Khan regressa ao Supremo Tribunal de Islamabad para responder a acusações de corrupção.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tribunal ordena libertação de Imran Khan sob fiança

Morreu ex-presidente do Paquistão Pervez Musharraf

Doadores prometem ajuda para reconstruir Paquistão