EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

EUA abertos a envio de caças F-16 para a Ucrânia

Caça F-16
Caça F-16 Direitos de autor Aijaz Rahi/Copyright 2019 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Aijaz Rahi/Copyright 2019 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Kiev está mais perto de receber aeronaves de combate modernas e obter treino para pilotos. Decisão pode impulsionar contraofensiva ucraniana.

PUBLICIDADE

Os Estados Unidos da América vão juntar-se ao esforço internacional conjunto para fornecer caças modernos à Ucrânia e treinar pilotos ucranianos para manobrar aeronaves de combate, como os F-16.

A medida, anunciada esta sexta-feira durante a reunião do G7, a decorrer no Japão, vai ao encontro das expectativas de Kiev, que há muito pedem ao Ocidente apoio para uma contraofensiva.

Após a decisão dos Estados Unidos, também a Dinamarca disse estar "aberta" à ideia de enviar aviões de combate para a Ucrânia.

O presidente Volodymyr Zelenskyy, que esta semana se deslocou à Arábia Saudita para discursar na Liga Árabe, já saudou a decisão.

Rússia bombardeia Kiev

No terreno, as autoridades dizem ter travado, já este sábado, um "massivo ataque de drones" russos na capital ucraniana.

A queda de alguns detritos resultantes da defesa antiaérea provocaram um incêndio numa zona residencial sem causar vítimas.

Em Bakhmut os combates mantêm-se "sangrentos". Quem o diz é o lídr do grupo Wagner, que alega ainda estar perto de capturar a cidade já controlada em 90% pelas froças russas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Zelenskyy condecora soldados na linha da frente em Donetsk

Milícia anti-Kremlin reclama ataques em território russo

Soldados ucranianos na linha da frente: quando não há vida além da guerra