EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Xi Jinping e Mahmoud Abbas acordam a criação de laços "estratégicos" sino-palestinianos

Presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, e Presidente da China, Xi Jinping. Pequim.
Presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, e Presidente da China, Xi Jinping. Pequim. Direitos de autor Jade Gao/AP
Direitos de autor Jade Gao/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

China estabelece uma "parceria estratégica" com a Autoridade Palestiniana e expande a presença no Médio Oriente. China quer trabalhar para pôr fim ao conflito israelo-palestiniano.

PUBLICIDADE

A China dá mais um passo no objetivo de se tornar um mediador nos conflitos internacionais e expande a sua presença no Médio Oriente. 

Depois de receber o seu homólogo palestiniano, Mahmoud Abbas, o Presidente chinês, Xi Jinping, comprometeu-se a trabalhar para pôr fim ao conflito israelo-palestiniano. 

Abbas e Xi concordaram igualmente em elevar as relações bilaterais ao estatuto de "parceria estratégica". 

Por último, Xi Jinping apelou à comunidade internacional para que aceite o Estado palestiniano como membro de pleno direito da ONU.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estados Unidos pedem calma a Israel e à Palestina no arranque de missão diplomática

Palavras de Mahmoud Abbas provocam indignação

Conflito israelo-palestiniano sem tréguas à vista