EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Jornalista russa brutalmente atacada na Chechénia por homens mascarados

Jornalista Elena Milashina no hospital após ser atacada
Jornalista Elena Milashina no hospital após ser atacada Direitos de autor AP Photo via Novaya Gazeta Europe
Direitos de autor AP Photo via Novaya Gazeta Europe
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Elena Milashina trabalha para a "Novaya Gazeta", que perdeu a licença na Rússia, e é conhecida por escrever sobre a violação de direitos humanos

PUBLICIDADE

Uma jornalista russa conhecida pelos trabalhos sobre direitos humanos e o respetivo advogado foram brutalmente agredidos por um grupo de homens mascarados na Chechénia, noticiou a "Novaya Gazeta", o jornal para o qual trabalha Yelena Milashina e que perdeu a licença na Rússia há 10 meses.

A jornalista e o advogado foram atacados esta terça-feira de manhã quando se deslocavam do aeroporto para o centro da cidade de Grozny, onde Milashina ia fazer a cobertura do julgamento de uma mulher, mãe de dois ativistas que criticaram o governo checheno e que a jornalista suspeita estar a ser perseguida por questões políticas.

O "Novaya Gazeta" publicou uma fotografia de Milashina num hospital, coberta de tinta verde e com ligaduras a cobrir uma mão, alegando que a jornalista sofreu uma lesão craniana e ficou com os dedos da mão partidos.

Durante o ataque, os agressores terão dito à jornalista que estava avisada, que deveria ir-se embora e não escrever nada.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin substitui Shoigu porque quer Ministério da Defesa "aberto à inovação"

Putin substitui ministro da Defesa. Shoigu será secretário no Conselho de Segurança da Rússia

Putin reconduz Mishustin no cargo de primeiro-ministro da Rússia