Três mortes no combate aos incêndios na Grécia

Homem ajuda a combater os fogos na ilha de Rodes, Grécia
Homem ajuda a combater os fogos na ilha de Rodes, Grécia Direitos de autor Petros Giannakouris/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Petros Giannakouris/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Entre as vítimas mortais está um criador de gado que se encontrava desaparecido e dois pilotos que tentavam apagar as chamas na ilha de Evia.

PUBLICIDADE

São já três as vítimas mortais dos incêndios florestais na Grécia. De acordo com a emissora estatal ERT, o corpo de um criador de gado, desaparecido desde domingo, foi encontrado queimado dentro de uma cabana numa zona de difícil acesso em Evia.

Antes, o canal público grego tinha já noticiado a morte de dois pilotos a bordo de um avião Canadair que se despenhou, esta terça-feira, quando tentava apagar as chamas na ilha.

As temperaturas extremas estão também a dificultar o combate ao fogo que pelo nono dia consecutivo consome Rodes.

Dezenas de milhares de pessoas já fugiram da ilha, grande parte dos turistas viu-se obrigada a regressar a casa em voos de evacuação.

Quem fica, tenta muitas vezes pelas próprias mãos controlar as chamas na tentativa de salvar o que resta.

A ajuda chega também da União Europeia. Em Rodes, bombeiros polacos fazem a supervisão dos incêndios extintos para que os pontos mais críticos não reacendam. A missão conta com cerca de 150 bombeiros e 50 veículos.

Depois de Evia, Corfu e Rodes, as atenções viram-se para Creta. A maior ilha grega, está já em alerta máximo, devido ao "risco extremo" de incêndio.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Incêndios na Sicília forçam deslocação de turistas e ameaçam património

Grécia em "guerra" contra os incêndios, avisa primeiro-ministro grego

Grécia: greves contra desemprego e baixos salários