EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Junta militar fecha espaço aéreo do Níger

Niamey viveu várias manifestações de apoio ao golpe
Niamey viveu várias manifestações de apoio ao golpe Direitos de autor Sam Mednick/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Sam Mednick/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Terminou o prazo do ultimato dado pelos países da África Ocidental. Junta avisa que qualquer intervenção terá "uma resposta instantânea"

PUBLICIDADE

Enquanto se sucediam as manifestações de apoio em Niamey ao golpe de Estado no Níger, esgotava-se o ultimato dado pelos vizinhos da África Ocidental para restabelecer a presidência de Mohamed Bazoum

Perante a ameaça de intervenção armada externa, os militares que tomaram o poder fecharam o espaço aéreo do país. Assim foi anunciado pouco antes de terminar o prazo determinado pela Comunidade dos Estados da África Ocidental (Cedeao), na noite deste domingo.

A junta que assumiu o governo do Níger, apoiada pelo Mali e o Burkina Faso, garante que qualquer operação que vise o seu território desencadeará "uma resposta enérgica e instantânea" e ainda que se prepara para o conflito com a ajuda de dois países da África Central, sem precisar quais.

O presidente deposto continua detido, perante as múltiplas denúncias dos acordos militares que fez com Paris e que, segundo os golpistas, perpetuam o poder francês sobre o Níger.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Forças russas destacadas para base aérea ocupada por norte-americanos no Níger

Macron diz que França vai retirar tropas e embaixador franceses do Níger

Protesto contra presença militar francesa no Niger