EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Protesto em Berlim contra a extensão da Autoestrada 100

Manifestação em Berlim
Manifestação em Berlim Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os manifestantes sublinham que o projeto de alargamento da autoestrada irá extinguir instituições culturais em toda a cidade, incluindo cinemas, discotecas e bares.

PUBLICIDADE

A expansão da autoestrada que atravessa a parte ocidental de Berlim continua a gerar polémica. É uma das mais importantes vias de comunicação da cidade, mas a extensão para leste está a ameaçar a vida cultural e local e acabar com clubes icónicos.

Neste sábado, mais de 5 mil pessoas manifestaram-se numa rua da capital alemã conhecida pelos clubes noturnos, que pode ser destruída se os planos do governo sobre a extensão da autoestrada continuarem.

Adrian Schmidt, um estudante alemão, defende que numa altura em que o país atravessa uma crise climática, “não são precisos mais carros e mais autoestradas, porque Berlim tem transportes públicos muito bons."

Para Carole Canale, diretora de marketing francesa que vive em Berlim, os bares e clubes noturnos “fazem parte da cultura alemã e são locais onde todas as pessoas têm recordações com os seus amigos e com a sua família”.

Os manifestantes sublinham que o projeto de alargamento da autoestrada irá extinguir instituições culturais em toda a cidade, incluindo cinemas, discotecas e bares.

As obras na A 100 começaram em 2013.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

No Museu da Comida Nojenta em Berlim há iguarias para (mesmo) todos os gostos

Detido na Alemanha um dos três membros da Fação do Exército Vermelho

Refugiados ucranianos e dissidentes russos protestaram contra invasão da Ucrânia em Berlim