EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

"Há corpos por todo o lado" - destruição mortal em Derna

Equipas de resgate alinham os corpos na rua, à espera de identificação
Equipas de resgate alinham os corpos na rua, à espera de identificação Direitos de autor Captura de vídeo/AFP
Direitos de autor Captura de vídeo/AFP
De  Teresa Bizarro com Agências
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A cidade costeira líbia foi particularmente afetada pela destruição de duas barragens durante a tempestade do passado fim-de semana

PUBLICIDADE

Sobreviventes percorrrem Derna à procura de um rosto familiar entre os corpos que as equipas de resgate alinham na rua.Os profissionais varrem escombros e até o mar à procura de corpos nesta cidade costeira da Líbia. Foi aqui que a tempestade do fim de semana causou o colapso de duas barragens, desencadeando uma enorme inundação mortal.

"Há corpos por todo o lado", é a frase que mais se repete por estes dias por governantes, trabalhadores humanitários e população.

"Toda esta cidade foi aniquilada. Ainda há vítimas debaixo dos escombros, e algumas estão no mar. Há corpos enterrados em valas comuns porque os cemitérios estão cheios. Será que ainda devo pedir aos estrangeiros e aos europeus: "Venham, ajudem-nos como nós vos ajudámos? Podem ver a nossa situação por vós próprios," Mohamed Salem, um morador de Derna.

Maxar Technologies via AP
Vista aérea de Derna antes (cima) e depois (baixo) da passagem da tempestadeMaxar Technologies via AP

Só nesta cidade são contabilizados mais de 2300 mortos. No país, a conta sobe acima dos cinco mil, mas há nove mil desaparecidos.

A ajuda internacional está a caminho. A Jordânia enviou um avião militar de carga carregado de apoio humanitário. Vários países europeus aprovaram ajudas de emergência.

A tempestade Daniel já tinha atingido a Grécia. Evoluiu para um ciclone tropical mediterrânico antes de chegar à costa Líbia e semear uma devastação sem precedentes.

Na segunda-feira, já com menos força, ainda atingiu o Egipto, mas apenas com chuva.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Duas semanas após a catástrofe, Líbia recupera dezenas de corpos no mar

Contaminação da água pode agravar situação humanitária na Líbia

"Ainda temos esperança" - Líbios procuram sobreviventes entre mais de 10 mil desaparecidos