EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Lampedusa: classe política italiana pede ações

Von der Leyen e Meloni em Lampedusa
Von der Leyen e Meloni em Lampedusa Direitos de autor HANDOUT/ANSA/AFP
Direitos de autor HANDOUT/ANSA/AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bruxelas prometeu plano de urgência para ajudar Roma a fazer face à fluxo migratório vindo do norte de África

PUBLICIDADE

A classe política italiana pede que as "palavras se traduzam em ações", depois da presidente da Comissão Europeia ter anunciado um plano de urgência para ajudar Roma a fazer face aos crescente fluxo migratório proveniente do norte de África.

Na visita a Lampedusa, Ursula von der Leyen detalhou vários pontos, destinados nomeadamente a gerir a urgência, distribuir melhor os requerentes de asilo pelos países europeus e facilitar as repatriações.

Giorgia Meloni, primeira-ministra italiana:"Não considero esta visita como um gesto de solidariedade da Europa para com a Itália, mas antes como um gesto de responsabilidade da Europa para consigo mesma, porque estas são as fronteiras de Itália, mas também as fronteiras da Europa."

As costas italianas registam em 2023 um crescimento exponencial no número de migrantes a alcançar o território, tendo recebido perto de 130.000 pessoas desde o início do ano.

Um grande número desses migrantes chegou à pequena ilha de Lampedusa, palco de protestos de habitantes por ocasião da visita de von der Leyen e da primeira-ministra italiana este fim-de-semana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Chuvas torrenciais provocam inundações e caos no norte de Itália

Centenas de residentes em Veneza manifestam-se contra “taxa de entrada” para turistas

Ministro do Interior britânico visita Itália para discutir formas de lidar com a imigração ilegal