EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Fortes cheias deixam rasto de morte e destruição no nordeste da Índia

Um veículo é arrastado pelas cheias na cidade de Rangpo, no estado de Siquim, Índia
Um veículo é arrastado pelas cheias na cidade de Rangpo, no estado de Siquim, Índia Direitos de autor AP Photo/Prakash Adhikari
Direitos de autor AP Photo/Prakash Adhikari
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As fortes chuvas desta semana provocaram o transbordo do Rio Teesta e até a destruição de parte da maior central hidroelétrica do estado indiano de Siquim

PUBLICIDADE

Pelo menos 14 pessoas morreram e mais de 100 estão desaparecidas, incluindo 22 militares, na sequência das fortes enxurradas de quarta-feira no estado de Siquim, no nordeste da Índia.

Há ainda relatos de mais de três mil turistas bloqueados pelas cheias em diversas zonas da região afetada em Siquim.

As chuvadas desta semana provocaram o transbordo do rio Teesta, que corre de Siquim para Bengala, numa faixa de território indiano não muito longe da China e do Butão.

A enxurrada destruiu pelo menos 14 pontes e arrastou casas, árvores, pessoas e até uma parte da barragem de Teesta, em Chungtang, que é o maior projeto hidroelétrico do estado de Siquim. 

Entre 12 e 14 trabalhadores estavam ainda bloqueados na manhã desta quinta-feira nos túneis da barragem.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dezenas de trabalhadores presos em túnel desmoronado na Índia

Índia celebra o festival Holi para assinalar o despertar da primavera

Festival Shivaratri 2024: Sacerdotes hindus fumam marijuana enquanto os devotos celebram