EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Político apela à retirada da nacionalidade francesa ao futebolista Karim Benzema por causa da Irmandade Muçulmana

Karim Benzema, do Al Ittihad, cumprimenta os adeptos durante o jogo da sua equipa contra o Al Raed, da Liga Profissional Saudita, em Buraidah, na Arábia Saudita, segunda-feira, 14 de agosto de 2023.
Karim Benzema, do Al Ittihad, cumprimenta os adeptos durante o jogo da sua equipa contra o Al Raed, da Liga Profissional Saudita, em Buraidah, na Arábia Saudita, segunda-feira, 14 de agosto de 2023. Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

O ministro do Interior francês, Gérald Darmanin, afirmou numa entrevista televisiva que Benzema está "notoriamente ligado à Irmandade Muçulmana".

PUBLICIDADE

Um político francês quer que o futebolista Karim Benzema seja destituído da sua cidadania francesa e dos seus prémios por alegadas ligações à Irmandade Muçulmana.

O Ministro do Interior francês , Gérald Darmanin, afirmou numa entrevista televisiva esta semana que Benzema está "notoriamente ligado à Irmandade Muçulmana, todos o sabemos".

A equipa jurídica do futebolista negou a acusação, classificando-a de "falsa" numa declaração aos meios de comunicação franceses.

No entanto, isso não impediu Valérie Boyer, senadora francesa e vice-presidente do partido conservador Les Républicains, de exigir às autoridades a revogação do passaporte francês de Benzema.

Boyer disse que o primeiro nível de punição seria retirar o prémio Bola de Ouro que ele ganhou em 2022 como uma "sanção simbólica" e, em seguida, remover a sua nacionalidade francesa.

Benzema tem atualmente dupla nacionalidade, argelina e francesa, joga pela seleção francesa e compete a nível de clubes na Arábia Saudita.

A Irmandade Muçulmana é uma organização política e social islâmica internacional. Pretende introduzir os valores e princípios islâmicos no governo e na sociedade, embora tenha suscitado controvérsia devido às suas ligações a grupos considerados extremistas por alguns.

É considerada uma organização terrorista na Arábia Saudita.

A declaração completa de Boyer parece ter sido eliminada das redes sociais, mas foi guardada por outros utilizadores no X, antigo Twitter.

Uma atualização da conta oficial de Boyer reafirma o seu desejo de retirar a Benzema o seu prémio de futebol e a sua nacionalidade francesa.

Karim Benzema, 35 anos, formado no Lyon, mudou-se para o clube saudita Al-Ittihad por 200 milhões de euros no início deste ano. Jogou anteriormente no Real Madrid e no Lyon.

A carreira profissional de Benzema tem sido marcada por escândalos, nomeadamente em 2010, quando foi acusado pelo Ministério Público de alegadamente ter tido relações sexuais com uma prostituta menor de idade.

Em 2014, o caso foi arquivado quando o juiz decidiu que não havia provas suficientes de que Benzema sabia que a rapariga era menor de idade.

Em 2015, Benzema foi detido pela polícia, que alegou que ele estava a chantagear outro jogador internacional francês por causa de uma cassete de sexo gravada num telemóvel.

Foi considerado culpado em 2021 e recebeu uma pena suspensa e uma multa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Karim Benzema deixa o Real Madrid no fim da temporada

Mitrovic destaca ambiente nos jogos e antecipa mais estrelas na Liga saudita

PSG e Al-Hilal chegam a acordo para a transferência de Neymar por 90 milhões de euros