EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Caças israelitas atingiram "centenas" de alvos do Hama e operações terrestres estão a ser expandidas

Criança palestiniana à espera de conseguir alguns alimentos, em Gaza
Criança palestiniana à espera de conseguir alguns alimentos, em Gaza Direitos de autor AP Photo/Hatem Ali
Direitos de autor AP Photo/Hatem Ali
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Operação militar israelita reforçada ao mesmo tempo que comunidade internacional aumenta apelos para um cessar fogo para evitar catástrofe humanitária ainda maior.

PUBLICIDADE

As explosões na Faixa de Gaza ocorrem cada vez com mais frequência, à medida que os militares israelitas intensificam os ataques ao enclave sitiado, depois do Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu ter anunciado uma segunda fase da guerra.

Os tanques entram no norte de Gaza, juntando-se às forças que combatem no território. 450 alvos do Hamas, incluindo centros de comando, foram atingidos, de acordo com o exército israelita.

Daniel Hagari, porta-voz das Forças de Defesa de Israel (IDF) explica que estão a "expandir gradualmente as actividades terrestres e a extensão das nossas forças na Faixa de Gaza".

Entretanto, o braço armado do grupo militante palestiniano Hamas, as Brigadas Izz el-Deen al-Qassam, divulgou um vídeo no domingo que mostra mísseis a serem lançados contra Israel "em direção aos territórios ocupados em resposta ao que chamam de "massacre de civis"

A população de Gaza continua todos os dias a procurar sobreviventes debaixo dos escombros. O número de palestinianos mortos na Faixa de Gaza desde o início da guerra com o Hamas, a 7 de outubro, aumentou para mais de 8.000, informou este domingo o Ministério da Saúde de Gaza. Entre eles há pelo menos 3.342 adultos jovens, 2.062 mulheres e 460 idosos.

De acordo com organização a Save the children, 3.195 crianças mortas em três semanas ultrapassa o número anual de crianças mortas em zonas de conflito desde 2019.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Restaurante Kanaan em Berlim: um israelita e um palestiniano sócios há quase uma década

Israel intensifica operações terrestres em Gaza

Israel "expande operação no terreno dentro da Faixa de Gaza": ouvem-se bombas