EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Hamas propõe troca de reféns por prisioneiros palestinianos

O Hamas anunciou a morte de cerca de 50 reféns nos bombardeamentos do Tsahal
O Hamas anunciou a morte de cerca de 50 reféns nos bombardeamentos do Tsahal Direitos de autor Seth Wenig/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Seth Wenig/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Familiares apelam a Netanyahu para que aceite a proposta. Governo israelita afirma que a solução é antes aumentar os ataques

PUBLICIDADE

Perante a ausência de respostas, os familiares dos reféns retidos em Gaza acolheram com expetativa a proposta que o Hamas fez este sábado: a de libertar imediatamente os reféns em troca do fim do cativeiro de todos os palestinianos presos em Israel. 

Mas o governo de Benjamin Netanyahu segue outro discurso. "Quanto maior for a pressão militar, quanto maiores forem os ataques, quanto mais atingirmos o Hamas, maior é a possibilidade de chegarmos a uma solução que permita recuperar os vossos entes queridos", declarouYoav Gallant, o ministro da Defesa israelita.

Isto apesar dos protestos sucessivos em Israel para que essa troca aconteça. 

O Hamas libertou quatro mulheres até agora e anunciou a morte de cerca de 50 reféns nos bombardeamentos executados pelo Tsahal em Gaza.

Em 2011, Israel deixou sair em liberdade mil prisioneiros palestinianos em troca de um soldado israelita, que havia sido sequestrado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Restaurante Kanaan em Berlim: um israelita e um palestiniano sócios há quase uma década

Centenas de pessoas obrigadas a fugir da zona de Muwasi

Tribunal da ONU considera ilegal a ocupação dos territórios palestinianos por Israel