Apoio da UE na questão catalã

Apoio da UE na questão catalã
Apoio da UE na questão catalã Direitos de autor Bernat Armangue/Copyright 2019 The AP. All rights reserved.
De  Jaime Velazquez
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O apoio dos 27 é importante para os dois lados da questão, e este será um dos temas centrais das próximas eleições europeias.

PUBLICIDADE

Primeiro foi o pedido de ajuda para a Catalunha feito pelos apoiantes pró-independência, depois do referendo de 2017. Agora é o pedido de ajuda para Espanha, que chega da oposição à lei de amnistia.

O apoio dos 27 é importante para os dois lados da questão. Para além do debate nas instituições e do caminho que poderá ter nos tribunais, será muito importante a conquista das mentes e dos corações da opinião pública europeia. A narrativa em torno da questão catalã será um dos temas centrais das próximas eleições europeias.

"Há uma batalha pela narrativa, é verdade. E as eleições europeias estão mesmo ao virar da esquina. O campo de jogo vai deslocar-se para Bruxelas? Muito provavelmente sim. Se Isso vai ter algum efeito por parte das instituições europeias? Nenhum, absolutamente nenhum”, considera Manuel de la Fuente, especialista da Harmon Consulting.

O facto do Governo espanhol reconhecer, na lei da amnistia, a existência de um conflito político na Catalunha reforça a tese pró-independência.

Miquel Royo, o Secretário para a Ação Externa do Governo da Catalunha, sublinha que a prioridade do atual presidente catalão é colocar a região de novo na linha da frente da agenda europeia e garantir que a mensagem é clara e que este é um conflito político “ E agora, começamos a segunda parte da nossa negociação, que é o facto de os catalães quererem decidir o seu próprio futuro”, destaca.

Mas a União Europeia tem outras prioridades, principalmente a ascensão da extrema-direita e do euroceticismo. 

Bruxelas precisa de todo para para fazer frente os inimigos do bloco.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Câmara dos Deputados espanhola rejeita Lei de Amnistia

Direita espanhola nas ruas contra acordo de amnistia para independentistas catalães

Pedro Sánchez toma posse como chefe do governo de Espanha com protestos na rua