Discurso contra migrantes cresce na Eslovénia

Discurso contra migrantes cresce na Eslovénia
Discurso contra migrantes cresce na Eslovénia Direitos de autor Darko Bandic/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Antigo primeiro-ministro Janez Janša sugeriu mesmo que a população devia pegar em armas

PUBLICIDADE

A livre circulação é um princípio fundamental na União Europeia mas não é para todos. Os controlos fronteiriços são uma realidade em vários países e a Eslovénia é um deles.

O número de entradas ilegais no país triplicou relativamente ao ano passado e fez soar os alarmes na ala conservadora. O antigo primeiro-ministro, Janez Janša, convidou mesmo a população a pegar em armas.

O governo apressou-se a condenar as declarações, classificando-as de irresponsáveis. , Janša justificou-se dizendo que as Forças Armadas da Eslovénia tinham enfraquecido nas últimas três décadas e não tinham atualmente capacidade para defender os cidadãos.

Para as Organizações Não Governamentais que trabalham com migrantes, as declarações do antigo primeiro-ministro são prejudiciais para quem se tenta integrar no país.

Os Balcãs são um dos principais pontos de entrada na Europa para quem chega do Médio Oriente ou do Norte de África mas só uma minoria fica nos países de acolhimento. O sonho da Europa limita-se frequentemente à Europa dos países ricos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Centenas morreram na rota dos Balcãs... e nunca ninguém soube o nome deles

A viragem da política de imigração da Alemanha: necessidade ou jogo político?

Mortes de migrantes no Canal da Mancha levantam questões em Londres e Paris