Casa Branca tem fundos para apenas mais um pacote de ajuda à Ucrânia em 2023

A guerra continua num impasse com a chegada do Inverno
A guerra continua num impasse com a chegada do Inverno Direitos de autor Efrem Lukatsky/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Casa Branca tem fundos para apenas mais um pacote de ajuda à Ucrânia em 2023 e instou o Congresso a "atuar sem demora".

PUBLICIDADE

A Rússia danificou ou destruiu quase todos os edifícios na cidade ucraniana oriental de Avdiivka. Apenas cerca de 1.350 pessoas ainda lá vivem. Antes da guerra viviam 30 mil.

Esta estratégia faz parte do plano de agressão russo que pretende arrasar com toda a infraestrutura civil ucraniana.

Nas últimas 24 horas, a Rússia voltou a lançar dezenas de ataques com drones e pelo menos um míssil de cruzeiro em cidades ucranianas.

Além disso, a Rússia está a tentar montar uma ofensiva terrestre no leste da Ucrânia, sem grandes perspetivas de sucesso, uma vez que as tropas ucranianas estão relativamente bem armadas.

Mas com a ajuda dos Estados Unidos ainda bloqueada pelo Congresso, a situação pode mudar a qualquer momento.

"Ainda estamos a planear mais um pacote de ajuda à Ucrânia no final deste mês. No entanto, assim que isso acontecer, tal como o diretor financeiro do Departamento de Defesa, o Sr. McCord, deixou claro na sua nota ao Congresso hoje, não teremos mais autoridade de reabastecimento disponível e vamos precisar que o Congresso atue sem demoras", esclareceu John Kirby, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional norte-americano.

Esse pacote é de 61 mil milhões de dólares (55,4 mil milhões de euros), mas os republicanos no Congresso exigem a aplicação de uma política de migração mais restritiva em troca da sua aprovação.

Numa mensagem ao país na segunda-feira à noite, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, agradeceu à União Europeia por adotar um 12º pacote de sanções contra a Rússia, que inclui novos limites às exportações russas, abrangendo os diamantes.

Entretanto, o Ministério da Defesa russo divulgou um vídeo afirmando que a artilharia russa tem conseguido atingir posições das forças ucranianas. Contudo, há meses que nenhum dos lados parece estar a fazer progressos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rock em tempo de guerra

Destroços de drone abatido provocam incêndio e fazem um morto em Odessa

Zelenskyy admite "situação extremamente difícil" na linha da frente