EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Mais de 1500 migrantes foram resgatados em quatro dias nas costas italianas

Esta quarta-feira foi o dia com mais chegadas, com 723 pessoas a desembarcarem nas costas italianas
Esta quarta-feira foi o dia com mais chegadas, com 723 pessoas a desembarcarem nas costas italianas Direitos de autor Paolo Santalucia/AP
Direitos de autor Paolo Santalucia/AP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A maioria dos resgates ocorreram na ilha de Lampedusa, a 70 milhas náuticas da Tunísia.

PUBLICIDADE

Desde o dia de Natal, registou-se um aumento súbito do número de migrantes que chegam às costas italianas devido às boas condições meteorológicas, segundo dados publicados pelo Ministério do Interior italiano na quinta-feira.

De acordo com o ministério, foram registados mais de 1500 imigrantes em quatro dias. Esta quarta-feira foi o dia com mais chegadas, com 723 pessoas a desembarcar nas costas italianas.

A maioria dos desembarques teve lugar na ilha de Lampedusa, a 70 milhas náuticas (130 km) da Tunísia. Vários navios de salvamento operados por instituições de solidariedade também resgataram centenas de migrantes no Mar Mediterrâneo central desde o Natal.

O primeiro salvamento foi efetuado na noite de Natal pela Sea-Watch, que resgatou 118 migrantes, incluindo uma dúzia de menores, o mais novo dos quais com três anos de idade.

A SOS Méditerranée também resgatou 244 pessoas a bordo do Ocean Viking na quarta-feira. As autoridades italianas designaram Bari como porto de desembarque, onde se espera que o Ocean Viking chegue nos próximos dias.

Na terça-feira, o navio de salvamento Sea-Eye resgatou 106 pessoas de duas embarcações diferentes na zona de busca e salvamento maltesa, a sul de Lampedusa. Segundo a Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), 260 662 pessoas atravessaram o Mar Mediterrâneo e chegaram à Europa vindas do norte de África, desde o início de 2023.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

UE arrisca-se a ser cúmplice da morte de migrantes devido à inação da Frontex, alerta Provedora de Justiça Europeia

Barcos de migrantes naufragados no Mediterrâneo renascem na forma de instrumentos musicais

A pizza napolitana já tem três séculos e quem a faz diz que é a melhor